Forças de segurança intensificam operações no sistema prisional e em pontos estratégicos de Manaus

Operações incluem barreiras itinerantes, sobrevoos e patrulha fluvial 24 horas por dia. Presídios do interior também passam por revistas
Operações incluem barreiras itinerantes, sobrevoos e patrulha fluvial 24 horas por dia. Presídios do interior também passam por revistas

As forças de segurança do Estado ampliam as operações em toda Manaus e, em especial, no sistema penitenciário neste final de ano. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Polícia Militar (PMAM), Polícia Civil (PC-AM) e a Força Nacional, realiza, desde o último dia 15, a “Operação Cerberus”, que inclui revistas nos presídios e ronda – terrestre, aérea e fluvial – permanente no entorno das unidades do sistema prisional do Estado.

Neste final de semana, a “Operação Cerberus” se intensifica com o acompanhamento das visitas de fim de ano e o reforço no policiamento nas áreas próximas às unidades prisionais. A operação, que permanece em janeiro de 2018 por tempo indeterminado, contempla, além do patrulhamento e revistas, o reforço de efetivo policial nas muralhas e acompanhamento das trancas das unidades no final de tarde.

IMG_6666

De acordo com o secretário da Seap, coronel PM Cleitman Coelho, todo o efetivo operacional da Seap, cerca de 60 servidores, está empregado na ação. “Nossos servidores que atuam em unidades prisionais, o grupo da Coordenação do Sistema Penitenciário (Cosipe) e o Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) estão em campo acompanhando toda a movimentação das unidades prisionais, para assegurar o cumprimento adequado da rotina em cada presídio”, afirmou.

Participam também da “Operação Cerberus”, 100 policiais militares e 20 policiais civis do grupo Fera. O secretário Cleitman Coelho ressalta, ainda, que o reforço do efetivo da Força Nacional, que chegou a Manaus no último sábado (24/12), está dando mais apoio às ações programadas. “Hoje temos um total de 72 policiais da Força Nacional em Manaus. Juntando forças, estamos atuando constantemente para garantir a paz e a ordem no sistema prisional”, disse.

O vice-governador e secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, destacou a atuação das forças de segurança do Estado no controle dos presídios e nas demais operações em curso na cidade. “Há uma atenção redobrada porque havia um falatório, muito boato na internet, dizendo que iria acontecer algo como uma espécie de comemoração daquele episódio que manchou a nossa história. Estamos cuidando da segurança de todos, com maior controle dos presídios e reforço policial nas ruas”, ressaltou.

IMG_6660

Polícia Militar – O comandante geral da PMAM, coronel David Brandão, afirmou que todas as operações especiais realizadas neste final de ano em Manaus, bem como o policiamento ordinário, envolve cerca de 850 policiais militares por turno.  “Estamos com operações coordenadas em toda a cidade, com todo o nosso efetivo envolvido para assegurar à população um clima de paz neste final de ano”, afirmou.

O coronel David Brandão destacou, além da “Operação Cerberus”, a realização da “Operação Pororoca”, com barreiras itinerantes nas chamadas áreas vermelhas, onde há índice maior de ocorrências criminais; a “Operação Catraca”, que permanece com abordagens a ônibus do transporte coletivo para inibir assaltos; e as operações “Fecha Quartel” e “Fim de Ano Seguro”, que, respectivamente, levaram o efetivo de policiais da área administrativa às ruas e reforçaram o policiamento em áreas de grande fluxo, como as áreas comerciais do Centro e da zona centro-sul de Manaus.

Como diferencial nas operações policias, afirmou Bosco Saraiva, está o uso de aeronaves no patrulhamento. “Estamos implementando um sistema novo com patrulhamento terrestre, fluvial e o monitoramento aéreo com as aeronaves que estão sobrevoando os presídios e as áreas consideradas vermelhas de Manaus”, destacou.

Movimento no Natal e véspera – O secretário da Seap, Cleitman Coelho, ressaltou que a operação realizada durante as visitas aos internos do sistema prisional, no período de Natal, saiu conforme planejado. “Registramos no dia 23 e 24 movimentação tranquila, a partir do momento que todas as visitas foram liberadas para entrar. A Seap pretende garantir uma virada de ano igualmente estável, com a intenção de preservar a vida dos custodiados, seus familiares, servidores e prestadores de serviços no sistema prisional”, afirmou.

De acordo com Cleitman Coelho, as unidades prisionais do interior do Estado também têm recebido ações de intensificação das revistas, a exemplo de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), onde foi realizada uma revista na unidade prisional do município durante a última quinta-feira (28/12).

Operação Réveillon 2018 – Dois mil servidores atuarão na ação integrada de segurança pública “Réveillon 2018”, nos dias 31 e madrugada do dia 1⁰ de janeiro, que reúne órgãos do Governo do Estado, Prefeitura de Manaus, Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e Marinha do Brasil. O efetivo será empregado na praia da Ponta Negra, zona oeste; Orla do Amarelinho, zona sul; Residencial Viver Melhor, no Lago Azul, zona norte; e no shopping Phelippe Daou, Jorge Teixeira, na zona leste, onde acontecerão eventos oficiais da Prefeitura de Manaus. Coordenada pela SSP-AM, a operação terá atuação terrestre, fluvial e aérea.

“O nosso objetivo é garantir uma festa com segurança para toda a população. Teremos servidores espalhados em diversos pontos da cidade para que tudo transcorra normalmente. Estarei pessoalmente, juntamente com os comandantes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, patrulhando a cidade”, disse o vice-governador e secretário de Segurança Pública.